terça-feira, 6 de dezembro de 2011

QUADRIL LARGO OU BUMBUM AVANTAJADO?

Tanto quem tem quadril largo quanto quem tem bumbum avantajado costuma ter a parte de baixo do corpo mais pesada visualmente, por isso muitas vezes a gente já nem sabe mais se tem quaril largo ou bumbum avatajado ou os dois ao mesmo tempo… Mesmo porque nos dois casos comprar calças, bermudas e shorts pode ser bem difícil, viu!?!

A maior diferença é que quem tem quadril largo acaba tendo mais dificuldade de disfarçar seu “defeitinho” do que quem tem bumbum avantajado e muitas vezes parece ser mais “cheinha” por conta disso. Só que tem como a gente usar os elementos visuais das roupas a nosso favor tanto pra afinar o quadril quanto pra diminuir o bumbum – tudo visualmente, né, gente!?! Tudo ilusão de ótica, quer ver?


pra disfarçar quadril largo
A maior sacada pra dar uma sensação de quadril mais estreito é chamar atenção pros ombros, pra equilibrar visualmente e criar a ilusão de silhueta super proporcional – então vale usar mangas bufantes (mesmo que pouquinho), decotes horizontais (tipo canoa ou ombro a ombro) e até ombreiras (se for o caso). Na verdade tudo que chamar atenção mais pra parte de cima do que pra parte de baixo é legal, tipo usar blusas em cores claras e coloridas e calças (ou saias ou bermudas ou shorts) em cores neutras e escuras.

Vale também evitar detalhes na região do quadril, tipo bolsos, lavagens (bigode), bordados, texturas, etc, principalmente se criar linhas horizontais. Já as linhas vericais (vincos, estampas, texturas) são excelentes! Sabe o que também acaba chamando atenção pra região do quadril, então pode ser evitado? Tudo que chame atenção pro pulso – punhos detalhados ou volumosos, pulseiras, braceletes, relógios grandes ou chamativos – porque normalmente os braços ficam soltos ao longo do corpo e os pulsos ficam bem na região do quadril. Outro cuidado que se pode tomar é com as barras que afunilam, o ideal pra quem tem quadril largo é usar calças com bocas retas ou mais largas.

pra diminuir bumbum avantajado
O segredo é usar peças bem folgadinhas nessa região, mais retas e mais soltas, mesmo blusas e casacos que terminam nesse comprimento. Fugir de bolsos muito volumosos ou cheios de detalhes, de estampas grandes e texturas exageradas, pregas e etc. Parece óbvio, mas vale sempre a lembrança. O comprimento muito curto e a cintura muito alta também acabam atrapalhando, viu!?! O ideal é usar partes de baixo com a cintura no lugar, mas evitar acinturar demais a silhueta – pra não ficar muito “tanajura”!

Fonte: Oficina de Estilo

Um comentário:

Isolda Andrade disse...

Olá, tudo bem?
adorei conhecer o seu blog,

ESTOU SEGUINDO, ME SEGUE DE VOLTA?

beijoa!

www.isoldaandrade.blogspot.com